Sobre o produtor

Fernando Manuel M. Centeio

Nasceu em Julho de 1967.

Produtor de Cinema no activo, fundou a produtora e distribuidora ZulFilmes em 2010, produzindo essencialmente filmes documentários, a sua grande paixão depois de uma longa experiência profissional que iniciou em 1989.

Colaborou em produções nacionais e estrangeiras, destacando-se Amok de Joël Farges, El Perro del Hortelano de Pilar Miró, La Sirene Rouge de Olivier Megaton entre outros, destacando-se sobretudo Belle Epoque  de Fernando Trueba alcançando o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1992.

Na área de Produção, foi Produtor dos documentários como O Tapete Voador de João Mário Grilo e Prova de Contacto – José Guimarães do mesmo realizador entre outros;

Em co-Produções como 2 Rivales Casi Iguales de Miguel Angel Buttini;

Assumiu a Direcção de Produção e Produção Executiva em filmes como Passagem da Noite de Luís Filipe Rocha, Lá Fora de Fernando Lopes, Noite Escura de João Canijo , Lobos de José Nascimento e assumiu a produção portuguesa de Father and Son do mestre russo Alexander Soukurov.

A sua actividade académica teve início na Universidade de Évora (Workshop Produção Cinematográfica 2006/7), docente e gestor de projectos na Universidade Moderna. Desde 2007 lecciona Estratégias de Produção, Atelier de Produção, Estratégias de Produção de Animação  e coordena os Projectos Finais de licenciatura na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa e também na ETIC leccionando módulos e workshops.

Desde sempre conciliou a produção cinematográfica com a produção televisiva de ficção e também entretenimento, colaborando em várias séries e formatos.